26 de janeiro de 2008

Um novo ciclo


Decidir até onde é que podemos esticar a corda.
Decidir quem fica e quem sai.
Decidir se deixamos para trás, ou se vivemos o ideal de ontem.
Começo a achar que lhe estou a perder o jeito,
Ou que simplesmente, fiquei irremediavelmente acomodado.
Sempre que sinto, sinto de menos.
Sempre que quero, quero de menos.
Sempre que insisto, insisto de menos.
Sempre que faço, faço de menos.
Sempre que penso, penso demais...

5 comentários:

catherine disse...

idem idem aspas aspas :)

Anónimo disse...

sabias que és o amor platónico de alguém?...shhhh é segredooo...

ZapporssoN_81 disse...

LOL...
Então dou desde já as boas vindas a esse alguém.
Benvinda ao meu mundo, platónico...

MartaCouto disse...

bis, bis, bis, bis e bis...
mas para viver é preciso viver o ideal de amanha... o de ontem já passou...lol
beijocas

Pipabagagrifas disse...

Acho que ando a pensar demais neste, e não consigo comentar... Fiquei sem palavras para "expressar" o que ele me trasnmite...

Acontece :S