13 de fevereiro de 2006

A pista de gelo



Tenho saudades da pista de gelo na nossa cidade.

Tenho saudades, de deslizar desordenadamente e sentir o vento na cara, enquanto lá em cima toca a musica que dá sentido à nossa marcha desalinhada.

Tenho saudades de ver a tua respiração naquela noite fria, que de fria só tinha a noite. Essa noite invejosa, que agora sussurra ao meu ouvido algo desconcertante.

Tenho saudades de viver, de cair e de me surpreender, como nessa vez em que passei por ti e me estatelei no chão.

Como dessa vez em que paraste e me deste a mão.

Tenho saudades de viver, porque sem a queda não há a elevação!



1 comentários:

Laudinha disse...

Olá Migo!!! =) Pois tal como tu dizes no texto... "sem queda não há elevação..." antes pensava nisso e pensava "como é possível haver elevação depois de uma queda??... até ao dia em que eu própria caí... e sabes de facto a teoria sustentada pela frase do texto confirma-se!!! =)

Ah só mais uma coisa o frio é psicológico..lololol acredita.... lolololol =P

Bjinhos grandes para alguém ainda maior (e não é da altura que tens...lololol =P) de alguém que GOTA MM MT DE TI pá..lololol =P ***Laudinha***