26 de junho de 2010

Give it Up




"...Your leaving had no goodbye
Had i just seen one in your eyes "

A tua despedida não teve um adeus ... Tivesse eu visto um nos teus olhos...

Beijaram-se uma última vez. Sabiam que seria a última, talvez sim, talvez não... Afinal de contas, também nunca adivinharam quando seria o primeiro e ele aconteceu.
A televisão ainda estava ligada e o volume estava no mínimo, mas os clarões intermitentes, aos poucos, lá iam entrando naquela sala escura.
A porta da saída soltou um estalo lento. Alguém a tinha acabado de fechar...
Já eram quase três da manhã, mas não foi para a cama. Os olhos estavam inchados, não do sono, mas da falta dele. Não ligou desta, nem das outras vezes...
Num passo arrastado, chegou-se à beira do sofá e deixou-se cair.
Pegou no telemóvel e leu vezes sem conta aquela mensagem, tantas até que ganhou coragem para a apagar. Apenas queria tentar. Tentar esquecer.
Ligou o computador, escolheu uma música e teve de procurar a continuação numa ou outra página de internet.
Queria saber como acabava, mas a resposta, essa, estava com quem um dia disse que havia de começar...

-Give it up...
-I can´t give it up!

Can I?

3 comentários:

Anónimo disse...

E ali ficou, a pensar no que teria acontecido, se ele não tivesse batido com a porta, se tivesse ficado ali, junto a ela! Sem planos, sem tempo, sem pensamentos... só os dois!
E de repente sorriu, com a certeza de que aquela porta se voltaria a abrir! Iria ficar naquele sofá, onde tudo tinha começado, à espera... à espera que ele não desistisse!

Porque às vezes, parece que é mais fácil desistir...

Maçã e Canela disse...

Muito Bonito

Anónimo disse...

Maybe you can't but...You just have to...