27 de fevereiro de 2010

Momentos de solidão

Costumo escrever e no fim, às vezes (confesso) com alguma dificuldade, é que procuro por algo para por no título do post.

Hoje pela primeira vez inicio o post pelo titulo!

Não sei se tem a ver com o que vou escrever ou se é apenas o que caracteriza o meu estado de espírito actual.


Há uns dias falava com alguém e saiu-me a frase “Na vida é tudo uma questão de links!”.

As ligações que fazemos durante a vida tornam-nos certamente mais fortes, dão-nos algo, deixam-nos satisfeitos quando o conseguimos retribuir, trazem-nos até momentos de alegria mas… trazem-nos também fraquezas, que se notam com o quebrar destes links.

Serão o quebrar de links fraquezas ou maneiras de adquirirmos ainda mais resiliência ao mundo exterior?

Estou no meu novo trabalho… iniciam-se 16h sozinho, com um ou outro ponto de comunicação… ou não!

Deu-me para reflectir… e a pedido de algumas pessoas, fi-lo com vocês!


Não me tirem a liberdade, mas deixem-me os “links”, pode ser?

10 comentários:

Maçã e Canela disse...

Gostei do Post.
Devias escrever mais frequentemente, mas..já falamos sobre isso, não?.Noto aqui alguma melancolia, mas talvez seja do estado de espirito.

Bom Post, Boas Palavras.

Anónimo disse...

Nunca tinha pensado nisto...

Ambiguidona disse...

Também me sinto assim em mais um fim de semana...

:(
começar novas etapas na vida não é facil...
ficam terminações de ligações anteriores à espera de se ligarem a outras pessoas, a outros momentos, a outros contextos...
[já pa não falar da saudade e da falta que se tem dos nossos vinculos..]

Hoje em dia a vida profissional faz com que a todo o momento estejamos a adaptar-nos a novas circuntâncias...

Mas acredito que não são fraquezas que se adquirem... mas sim fortalezas...
e com o tempo... tudo fica bom... como era antes num outro local... com outras pessoas...

É assim que quero pensar ...
comecei também agora um novo trabalho, numa nova cidade...

****

Raquel disse...

Certo dia houve uma pessoa mt importante na mh vida que me disse que as pessoas têm 1 espaço e 1 tempo nas nossas vidas. Talvez por n ser da mm opinião, que hoje, essa pessoa n faz parte do meu circulo de amigos.
Concordo q as ligações nos tornam + fortes, m q por vezes nos trazem fraquezas e desgostos... M, com o passar dos anos e o amadurecer das ideias, e pensando calmamente, os tais links q se quebram e q por algum motivo nos trouxeram dissabores eram links pouco solidos ou que por circunstancias da vida se quebraram.
Sei ainda q há ligações tão coesas que por mais fortes que sejam as rajadas n se quebram. Por isso, a solidão é 1 sentimento momentaneo e passageiro.
Para que não nos roubem as ligações basta um sorriso, um olhar, um gostar...
A liberdade e os links so nos são roubados se permitirmos (nunca te esqueças disso)!

Anónimo disse...

Ligações sólidas duram uma vida, se quisermos! Tu tens a liberdade de escolher se as queres manter ou não...
Devias escrever mais vezes!

Bruno disse...

Temos saudades dos nossos link's. Quando é que dás um salto cá a cima? :-D

Bruno e Sofia.

CarMG disse...

Precisamos de links na vida.
Precisamos de nos sentir ligados. Precisamos de pertencer.
Precisamos que alguém nos pertença.
E precisamos que esses links façam sentido para avançarmos para outros.
A quebra dos links que nos parecem bem conectados causa instabilidade e ninguém gosta de se sentir instável... "deslinkado"...
Mas, até que ponto essa quebra não depende mais de nós do que de terceiros? Ou melhor, como alguém dizia lá atrás, a manutenção da conectividade vai depender de nós!

A distância á algo tão subjectivo e emocional!

Espero que os "pontos de comunicação" tenham sido bons ;)

Bruno disse...

Epá,desculpa, mas o meu comentário anterior era para o ZapporssoN_81

Maçã e Canela disse...

Ps: escreve uma história:)

AMC disse...

Olá!
Antes de mais, obrigada pelos teus comentários. :)
Há algum tempo que não vinha à tua "casa". Gosto da decoração nova. :)

Beijinhos