10 de junho de 2009

Últimas visões


E ali estava ela.
Sozinha, no meio de tanta gente.
Apoiava-se em gestos básicos que lhe davam um ar de ocupada a quem olhava de relance .
Mas não. Ali estava ela.
Sozinha no meio de tanta gente.
Não reparou que alguém a observava. Pegou no telemóvel como quem tivesse recebido uma nova mensagem, mas no fundo estava apenas a abrir mensagens antigas que já sabia de cor. Abriu uma, outra, até que guardou de novo o telemóvel no bolso.
Lançou o seu olhar vazio na multidão como se procurasse alguém, mas não.
Ali estava ela.
Sozinha no meio de tanta gente.
Abriu a boca num bocejar forçado e coçou o ombro na ânsia de disfarçar o desconforto por não ter ninguém.
Voltou a pegar no telemóvel, agora para ver as horas...
Levou a mão direita aos olhos, como se lhes tivesse a aliviar alguma pressão, mas os dedos... esses vinham molhados.
E ali estava ela.
Sozinha no meio de tanta gente.

Quem é que a olhava? Provavelmente outro alguém que ali estivesse sozinho no meio de tanta gente.

7 comentários:

Pipabagagrifas disse...

Acho que todos nós já passamos por esse "desconforto" de estar sózinho no meio de uma multidão... Porque senão, não saberiamos retratar tão bem tal situação!

Peruca de Tule disse...

:)

L I N D O.

(por momentos pensei q lia uma descrição minha.)

BeijOoOooOO

cinta disse...

escreve-se: procurasse; e: sozinho não tem acento, por deus!!

CarMG disse...

Só um bom observador consegue reproduzir tão bem algo com que cada um de nós se consegue identificar. Sublime :)

Para mim não há maior desconforto do que estar sozinha no meio da multidão... brrr...

Ah, tenho um blog para "a troca" www.solsticiodemim.blogspot.com

ZapporssoN_81 disse...

Para Cinta :

Quero agradecer a tua atenção e preocupação com a minha ortografia!
Conto contigo para futuros post´s :P


Bjo

Anónimo disse...

http://letmesign.blogs.sapo.pt/

Лаура Алвес disse...

Então e os post?

Já vão com 5 de atraso!