10 de junho de 2009

Últimas visões


E ali estava ela.
Sozinha, no meio de tanta gente.
Apoiava-se em gestos básicos que lhe davam um ar de ocupada a quem olhava de relance .
Mas não. Ali estava ela.
Sozinha no meio de tanta gente.
Não reparou que alguém a observava. Pegou no telemóvel como quem tivesse recebido uma nova mensagem, mas no fundo estava apenas a abrir mensagens antigas que já sabia de cor. Abriu uma, outra, até que guardou de novo o telemóvel no bolso.
Lançou o seu olhar vazio na multidão como se procurasse alguém, mas não.
Ali estava ela.
Sozinha no meio de tanta gente.
Abriu a boca num bocejar forçado e coçou o ombro na ânsia de disfarçar o desconforto por não ter ninguém.
Voltou a pegar no telemóvel, agora para ver as horas...
Levou a mão direita aos olhos, como se lhes tivesse a aliviar alguma pressão, mas os dedos... esses vinham molhados.
E ali estava ela.
Sozinha no meio de tanta gente.

Quem é que a olhava? Provavelmente outro alguém que ali estivesse sozinho no meio de tanta gente.

7 comentários:

Pipabagagrifas disse...

Acho que todos nós já passamos por esse "desconforto" de estar sózinho no meio de uma multidão... Porque senão, não saberiamos retratar tão bem tal situação!

Anónimo disse...

:)

L I N D O.

(por momentos pensei q lia uma descrição minha.)

BeijOoOooOO

cinta disse...

escreve-se: procurasse; e: sozinho não tem acento, por deus!!

CarMG disse...

Só um bom observador consegue reproduzir tão bem algo com que cada um de nós se consegue identificar. Sublime :)

Para mim não há maior desconforto do que estar sozinha no meio da multidão... brrr...

Ah, tenho um blog para "a troca" www.solsticiodemim.blogspot.com

ZapporssoN_81 disse...

Para Cinta :

Quero agradecer a tua atenção e preocupação com a minha ortografia!
Conto contigo para futuros post´s :P


Bjo

Anónimo disse...

http://letmesign.blogs.sapo.pt/

Лаура Алвес disse...

Então e os post?

Já vão com 5 de atraso!