23 de fevereiro de 2006

Mãe...

Mãe…

Mesmo no anonimato,

É agraciada por Deus.

Mãe…

Mesmo sendo única,

Tem sentimentos semelhantes aos meus:

Chora,

Emociona-se,

Vibra,

Dá risos,

Orgulha-se,

Sofre,

Sorri,

Silencia-se,

Fala demais,

Irrita-se,

Não desiste jamais.

Ama por tudo, ama por nada

Pois o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor jamais se acaba.


Ser Mãe, ser Pai deve ser o acontecimento mais próximo da pura relação de amor que o Homem tem… pena que ainda haja quem a desperdice!

4 comentários:

Filipa disse...

Meu anjo, estive a dar uma vista de olhos no teu blog... e deixa deixar-me os parabéns, não só a ti, como ao teu colega. =)

Quanto ao texto, gostei imenso, acho que está maravilhoso!=) *

Um beijao enorme e um abraço gigante da chata nortenha! =D *

MatCouto disse...

Mto bem sim senhor...gostei mto...uma vez na vida tenho de concordar ctg, mas só mm uma vez... é qdo as pessoas que ainda desperdiçam essa oportunidade...bejocas da FofaFofa...lol

soni disse...

Curto, conciso, verdadeiro...
'...pena que ainda haja quem a disperdice!', e está tudo dito!
Estás lá Pan! * * * soni

Isita disse...

Já sou fã do fosse blog há imenso tempo, mas ultimamente tenho sido mais "aventureira" a mandar comentários, cm tal não podia deixar de comentar este poema.
Mãe - palavra tão pequenita e tão Bela, AMO tanto a mnh. Qdo penso nela, sou invadida por um turbilhão de sentimentos...A mnh Mãe é a pessoa a quem disse mais vezes:"AMO-TE". A ela lhe devo praticamente tudo o q sou, sem ela eu seria apenas um projecto.
Como não tenho o dom da palavra cm Tu :)acabo este meu comentário com a seguinte frase:

" A minha mãe foi a mulher mais bela que jamais conheci. Todo o que sou, devo à minha mãe. Atribuo todos meus sucessos nesta vida ao ensino moral, intelectual e físico que recebi dela." (George Washington).

Continua assim...
Estes poemas que nos fazem pensar nas pessoas que nos são mais Queridas são essenciais para nos fazerem reflectir. Mtas vezes, esquecemo-nos e não damos o devido valor aos nossos pais!

Beijocas Grandes Isita