25 de julho de 2010

Dias de Verão


A praia até as 20h.
O dia que não tinha vento e o ar quente que levanta a mão de fora da janela do carro.
O pôr do sol, o banho em casa que é de água fria, a salada do jantar e os 5 copos de água fresca ao jantar.
Os calções azuis, o tronco nu, os chinelos de enfiar no dedo e o passeio à noite pela rua.
O sair com os amigos à noite, a boa disposição, as bebidas frias, as bebidas com álcool, as gargalhadas e as brincadeiras, as saias e os vestidos, os braços e as pernas.
Os corpos suados e as cabeças frias, poucas as cabeças e muitos os corpos.
O voltar a casa, as dores nas pernas e o cansaço de um dia sem fim.
Deitar redondo na cama e dormir sem nada por cima, porque amanhã quando acordar, vai estar quente, quente como hoje!

3 comentários:

desejo disse...

Texto simples mas sugestivo, algo sensual.


:) desejo

Anónimo disse...

Ainda mais quente que hoje!
Status pós "dia de ontem" ... :p

Mike disse...

Olá, apenas para agradecer terem colocado um link no vosso blog para o 'meu'...
sou o Mike do 'mike spot'...
talvez alguns textos sejam interessantes... boas escritas, boas leituras e bons sentimentos!