5 de junho de 2009

Eleições...


Confesso que nesta semana tenho feito um sacrifício para fundamentar o meu voto nas próximas eleições - 7 Junho, no entanto, é uma tarefa que não se está a tornar nada fácil.
Cheguei mesmo a ouvir os períodos de antena que dão à noite na rádio, mas no meio de rádio, televisão e anúncios, aquilo que consigo filtrar é apenas a teoria de ataque a todos aqueles que não são do mesmo partido.
Sinto uma sensação de vazio quando comparo as nossas vozes politicas com a do senhor aí na fotografia.
Parece-me e quero crer, que ele é das poucas lanternas que ilumina esse mundo obscuro e que por isso todos os outros políticos que nele vêm uma ponta de integridade, lhe procuram imitar inconsequentemente um estilo próprio.
Bem, ainda não sei em quem votar, afinal de contas ainda tenho dois dias para me decidir, mas uma coisa é certa:
Domingo, lá estarei a exercer o meu direito de voto. Sim, porque em minha opinião quem não exerce o direito, também não tem o direito a exigir deveres...

1 comentários:

sara lóló disse...

Não tem o direito a exigir deveres e, ainda mais importante (em minha opinião), a exigir direitos.