22 de dezembro de 2007

Preguiça ao poder


Acordar sem despertador. Ouvir lá fora o chapinhar dos passos sob uma chuva miudinha e um vento que aparenta estar feliz, a julgar pelo seu assobio.
O quente do ninho de lençóis e a preguiça de me levantar, num dia sem compromissos.
Não resisto ao calor que está dentro da cama, e muito menos ao frio que está fora dela.
Viro a cara para o lado e volto a adormecer.

( É assim que desejo o meu acordar logo de manhã)

4 comentários:

Pipabagagrifas disse...

É sempre agradavel acordar sem compromissos. Poder ler e escrever sem compromissos...

Acordar sem compromissos, virar na cama e começar a dormir novamente, isso sim é um bom modo de alimentar a preguiça. :P

sara lóló disse...

Também eu! Só que normalmente quando isso me acontece só acordo quando já não é de manhã! xD

scatman_tony disse...

Ah! É tão difícil combater a moleza matinal...

Conibri disse...

As Conibrí vê por este meio declarar que ADORAM a preguiça, é uma das coisas que mais apreciam na vida, por isso dão muito uso dela!!! E da Loucura também!!!